Home / Ata Reunião Geral da Rede Social do Centro / Ata da Reunião da Rede Social do Centro – 12.02 ! Confira articulações para os primeiros Dia do Bem e Rua Cidadã na 25 de março!

Ata da Reunião da Rede Social do Centro – 12.02 ! Confira articulações para os primeiros Dia do Bem e Rua Cidadã na 25 de março!

Ata Reunião Geral da Rede Social do Centro – 12.02.2019

Local: PIB – Primeira Igreja Batista de São Paulo

A reunião teve início às 15h15 com uma rápida apresentação dos presentes e em seguida passamos a pauta do dia:

Dia do Bem Cracolândia:

Dia 16 de março das 10h ás 15h na Praça Julio Prestes: Secretaria Municipal de Saúde, SMADS/SAEC, Missões Cristãs, Sociedade Bíblica do Brasil, Teruya, Cruz Vermelha, Redenção, FMU, SEDS/Coed, APE Brasil, INSS, Muda Mooca, Orientação Jurídica, entre outros.

Rua Cidadã 25 de Março:

Dia 28 de março das 10 às 16h na Rua 25 de Março: Instituto Edificando, Ministério Público Federal, FMU, SAEC, SEDS, CVV, ABRATA, TERUYA, Secretaria Municipal de Saúde, SMADS, INSS, Defensoria Pública do Estado, ABPH, Orientação Jurídica, Sociedade Bíblica do Brasil, Missões Cristãs, CAT, entre outros.

Situação na Cracolândia entre o fluxo e os moradores do Conjunto Júlio Prestes:

Ainda discorrendo sobre a Cracolândia, três moradores do Conjunto Júlio Prestes estiveram presentes na reunião e a Sra Viviane Aparecida Leme fez o seguinte relato abaixo:

Sou moradora do complexo Júlio Prestes, empreendimento construído pela PPP (participação público privada), recebemos nossos apartamentos no último semestre, estamos pagando através de financiamento da Caixa econômica federal. Entretanto, apesar da grande maioria ter realizado o sonho da casa própria, vivemos um pesadelo, desde o dia em que trouxemos nossa mudança e nossa família pra cá. Por conta da feira de drogas e barulhos ensurdecedores que acontecem da rua Helvétia, Dino Bueno e Barão de Piracicaba, que justamente fazem o contorno de nosso condomínio…estamos literalmente dentro da Cracolândia…Isso acontece igualmente nas madrugadas, não se consegue dormir para ir trabalhar no dia seguinte… Estou indignada com essa situação… Como o poder público não toma providência, bem como o policiamento local parece estar de mãos atadas quanto a essa situação!! No complexo habitacional moram pessoas trabalhadoras, com crianças…Crianças, que não são obrigadas a conviverem com essa situação , vista das janelas e sacadas de nossos apartamento, é impossível que, não se tenha pelo menos por parte do poder público coibir o barulho e a venda de drogas… Sabemos que os usuários são questão de saúde pública, mas também sabemos que para isso estão amparados pelos assistentes sociais que estão todos os dias na região para acolher e orientar.. Estamos pedindo ao poder público que tome as providências que são exclusivas de sua responsabilidade…somos cidadãos do bem que merecem respeito e viver com dignidade!! E participarmos hoje da reunião da Rede, justamente para que somem a nós a vontade de tornar a região melhor, longe desse mal que é o tráfico…. Aos membros da igreja e dos voluntários que estavam presentes, que fazem parte da sociedade civil, pedimos ajuda e apoio”.

Na sequência o Pastor Daniel Checchio afirmou que:

“A questão da Cracolândia não era apenas trazer mais moradores para a região que por si o fluxo sairia do local, antes da requalificação urbana é imperativo primeiro a transformação social pois a mudança de moradores para a região é rápida, mas, a mudança de comportamento do usuário é as vezes uma vida inteira…e o poder público/sociedade civil, não encontrou até hoje, um fluxo de atendimento que acelerasse esta mudança, portanto a problemática deve ser tratada em rede, e a presença de moradores da região será importante nas reuniões para encontrar novos caminhos e diminuir as tensões”.

Em seguida Sra Rosângela Escridelli, gerente do SEAS IV ( Serviço Especializado de Assistência Social ) fez o seguinte trabalho sobre a Assistência Social na região da Cracolândia:

Gostaria de explicar a função e tipologia do serviço Seas4.

Informo que realizamos abordagens encaminhamentos diversos e orientações diárias no período compreendido de 8.30 da manhã a 21.00 hs. Realizamos 250 atendimentos por pessoa dia e cerca de 450 abordagens por dia. Entendendo que abordagem pode ser mais de uma ou duas para o mesmo atendido.

Nosso território é o quadrilátero da Cracolândia e o perímetro da Praça Princesa Isabel. Não podemos retirar a população de rua se não quiserem…temos leis e regras muito claras a esse respeito. Lembrando que a Cracolandia é um fenômeno contemporâneo e que ocorre em todos os Estados do país com diferentes modelos. A Praça Princesa Isabel e outros locais passaram a ser alvo de moradores descontentes com essa problemática. Informo que o Seas4 faz mais se 60 encaminhamentos a CTA’s que oferecem pernoite. O atendido entra as 16 hs e sai as.8 da manhã do dia seguinte…onde ele fica durante o dia??? Nas praças…nas ruas…nas marquises. Não se trata apenas de questão social, mas de uma lógica social onde prevalece o socialmente correto…excluindo aquele que tem dificuldades em se encaixar no modelo social existente”.

Informes:

  • Foi passado no telão imagens da Caminhada do Bem e Celebração pelo aniversário de São Paulo;
  • Igualmente foi relatado sobre o I Mutirão do Alzheimer e mostrado imagens do evento;
  • Pastor Neto informou sobre a Reunião da Rede Noroeste no dia 13 às 14h.

 

Próxima Reunião Geral da Rede Social do Centro

Local: Primeira Igreja Batista de SP – Praça Princesa Isabel 233, 6º and.

Dia/Hora: 12 de março, terça-feira às 15h

 

Presentes:

Suelen Bueno – Bola de Neve

Shira – SEDS/COED

Claudemir Santos – SEDS/Coed

Paola Fachinelli – Musica Brasiliana

Dilson Villela – FMU

José Alves dos Santos – Banda Alma Livre

Willian Moreira – A.P. Brasil

Samuel Soares – Judô União

Denise da Silva – Instituto Edificando

J.Neto – Rede Social Noroeste

Leoncio Nascimento – É de Lei

Sonia Domingues – Complexo Julio Prestes

Viviane Leme – Complexo Julio Prestes

Kleber Coghetto – Procuradoria Geral da República-MPF

Ivone Coelho Garcia – PRSP – Ministério Público Federal

Juliana Galisa – Redenção na Rua

Wanda Grecco – Projeto A’mai

Karin Degaki – Associação Be-a-bá do Cidadão

Carla Degaki – Associação Be-a-Bá do Cidadão

Daniel Renovado – Projeto Meu Chamado

Almir Lima – Missões Cristãs

Fernando Henrique  – Complexo Júlio Prestes

Gabriel Checchio – Comebi

Teresa Bignardi – INSS

Luis Carlos da Silva – Faculdades Campos Salles

Miguel Adailton da Silva – Faculdades Campos Salles

Jair Neri – Ação Retorno

Rosangêla Escridelli – SAEC – SEAS IV

Danilo Bifone – PRDC/ Muda Mooca

Marli Marcandali – Jeame

 

About Rede Social do Centro

Check Also

Ata da Reunião Geral da Rede Social do Centro – Dezembro

Ata da Reunião Geral da Rede Social do Centro – dezembro – 11.12.18 Local: Primeira …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.