Home / Rede Social do Centro / CREMESP convida entidades e órgãos de controle social iniciam apuração e fiscalização dos destinos e procedimentos na Cracolândia!

CREMESP convida entidades e órgãos de controle social iniciam apuração e fiscalização dos destinos e procedimentos na Cracolândia!

CREMESP convida entidades e órgãos de controle social iniciam apuração e fiscalização dos destinos e procedimentos na Cracolândia!

Representantes de entidades da sociedade civil e de instituições de controle social iniciarão, conjuntamente, a apuração imediata de todos os destinos e procedimentos que estão sendo adotados pelo Poder Público para pessoas que usam crack e outras drogas na região da Luz e adjacências. A deliberação ocorreu após reunião realizada na tarde desta quarta-feira (14/6), na sede do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp).

Os objetivos principais do grupo – envolvido nas políticas públicas de atenção a pessoas que usam crack e outras drogas na região da Cracolândia – serão identificar os critérios que justifiquem os destinos dados a cada um deles e fiscalizar procedimentos em saúde e assistência social, em caráter emergencial. Diante disso, tanto Prefeitura de São Paulo quanto Governo do Estado serão oficiados de pronto desta decisão para o fornecimento dos referidos destinos e procedimentos adotados para a região.

A reunião contou com a participação de representantes das seguintes instituições – que subscrevem esta nota: Conselho Nacional de Direitos Humanos (CNDH), Ministério Público do Estado de São Paulo, Defensoria Pública do Estado de São Paulo, Sindicato dos Médicos de São Paulo (Simesp), Conselho Estadual de Políticas sobre Drogas (Coned), Ordem dos Advogados do Brasil – Secção São Paulo (OAB-SP), Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo (Coren-SP), Conselho Regional de Psicologia do Estado de São Paulo (CRP-SP), Conselho Regional de Serviço Social de São Paulo (Cress-SP), Plataforma Brasileira de Políticas de Drogas (PBPD), Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Conselho Municipal de Assistência Social (Comas-SP), Conselho Municipal de Políticas sobre Drogas e Álcool (Comuda), Coordenação da Pastoral do Menor da Arquidiocese de São Paulo, Vigariato do Povo de Rua (Padre Júlio Lancelotti), Centro de Convivência É De Lei, Rede Social do Centro e Igreja Presbiteriana do Brasil. Participaram pelo Cremesp, o presidente e psiquiatra Mauro Aranha, membros do Departamento de Fiscalização e da Superintendência Jurídica, além de membros e o coordenador da Câmara Temática Interdisciplinar de Drogas, o psiquiatra Guilherme Messas.

O Doutor Eduardo Dias, Promotor do Ministério Público Estadual fez o seguinte comentário da reunião:

“Momento gratificante e histórico que testemunhamos, longe dos holofotes, na tarde de ontem! O matriciamento no controle social, com proposições resolutivas ! É disso que precisamos para superar essa situação ! Atuação em rede, na qual entidades e instituições possam se reconhecer e atuar coletiva e individualmente de forma cooperada e sem se descaracterizarem ! Salto qualitativo na busca de uma democracia verdadeiramente republicana.”

Pela Rede Social do Centro compareceram o Pastor Daniel Checchio e o Pastor Wagner Zanellato, Presidente do Desafio Jovem – Brasil.

About Rede Social do Centro

Check Also

CONVOCAÇÃO REUNIÃO GERAL DA REDE SOCIAL DO CENTRO – FEVEREIRO – Articulação de Ações Sociais no Centro em Março! Compareça!!

Nesta reunião articularemos ações sociais na Cracolândia e Rua 25  de Março!! Compareça sua presença …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.