Home / Gt Pop Rua / Ata Reunião GT Pop Rua – Rede Social do Centro

Ata Reunião GT Pop Rua – Rede Social do Centro

Ata Reunião do GT Pop Rua – Castelinho da Rua Apa

Local: Castelinho

A reunião teve início ás 14h20 após rápida apresentação dos presentes passamos a uma conversação:

 A Dna Maria Eulina, presidente do Clube de Mães que faz a gestão do Castelinho da rua Apa, iniciou a sua fala agradecendo a presença de todos e contando a sua história desde a sua saída do Maranhão e como que após dois meses morando com a sua irmã o cunhado a colocou para fora de casa, mas ela seguindo os princípios que tinha recebidos da sua família não se deixou levar pela necessidade e apesar de estar morando nas ruas não se perdeu e manteve a sua dignidade até ser acolhida por uma mulher na região do Pq Dom Pedro isto após passar por longos dois anos morando nas ruas e entre os locais que dormia uma que a inspirava quando conseguia entrar para dormir era justamente o Castelinho da Rua Apa, ela contou como foi a luta até conseguir a posse do local e como é o trabalho que desenvolve com a pop rua uma frase  que marcou sua fala foi : “Ninguém sai da rua sozinho”!

Outra coisa é que ela disse que o Castelinho não é dela é da sociedade civil que deseje realizar uma ação social! Ela foi aplaudida por todos no final da sua emocionada fala.

Diante desta fala o Pr.Daniel Checchio sugeriu que as reuniões do GT Pop Rua da Rede Social do Centro sejam realizadas dentro do Castelinho! a proposta  foi aceita por todos.

Darcy do Movimento Nacional da População de Rua usou da palavra dizendo que desde o ano de 2004 pop rua, teve uma visibilidade maior por conta da chacina na porta da sé, a rua se organizou e segundo a pesquisa da Fipe tem mais de 16.000 pessoas nesta condição numero este que  não apresenta uma realidade mas um parâmetro;  existe uma dificuldade de se fazer por conta da grande mobilidade da pop rua, que hoje se sente espremidas e sufocadas;

Will do Castelinho disse que o sonho e fazer do Castelinho da Rua Apa um Centro de triagem multifuncional e um diagnóstico de cada pessoa e criar uma rede entidades para apoiar o cidadão.

Celmar, do Exército da Salvação disse que a ” pop rua é uma ferida aberta na sociedade”, nos incomoda muito, disse Celmar é que com a equipe tecnica do Exército de Salvação é o que fazer com esse cidadão que é acolhido mas depois tem que enfrentar a realidade sem encontrar a porta de saída das ruas, disse mais que é preciso encontrar para o indivíduo caminhos porém a proposta tem que ser do indivíduo acolhido, é importante ouvi-lo.

 Darcy  do MNPR disse que “Todos tem que estar juntos ” dizendo isso em referência de compor com toda sociedade civil ajuda para a pop rua;

Roberto do SEAS IV disse que “pois o morador de rua vai sozinho mas não sai sozinho, quando rompe o vínculo, se rompe sozinho, e gera preconceito” , não se entende como capaz de mudança, o cidadão precisa se reinventar, se reentender como pessoa;

Pr.Daniel disse que é importante também a questão de oferecer a requalificação por meio das pessoas voltarem a estudar, procurar um meio de oferecer o EJA durante o dia, pois a noite as pessoas tem outras preocupações como se alimentar e local para dormir;

Reinaldo Júnior sugeriu que temos que ter a disponibilidade de ouvir as pessoas, e trazê-las no próximo encontro do GT Pop Rua;

Foi unânime o sentimento que este é um trabalho que leva muito tempo e  é preciso ter paciência e perseverança e que será ótimo andarmos juntos no GT articulando e nos animando com ajuda mútua e não querer mudar o quadro da noite para o dia pois isto pode gerar frustração em ambos lados, o que na verdade é um lado somente pois a inclusão da pop rua de volta a vida produtiva e organizada é o grande desafio!

Pr.Daniel solicitou propostas ao grupo conforme segue abaixo as sugestões dadas:

Curto Prazo: Continuar as reuniões do GT, trazer pessoas para construir algo juntos, as entidades que trabalham com pop rua,  a pop rua também precisa estar juntos, e a Saúde Municipal deve estar presente;

Médio Prazo: Através das reuniões tentar mensurar a necessidade de cada perfil de atendimento e criar um fluxo atendimento coletivo, buscar comunidades terapêuticas, e procurar aperfeiçoar o protocolo de atendimento que já existe;

Longo Prazo:  Será definido a partir das estratégias que surgirem junto  com os usuários

No final Pr.Daniel informou que é propósito da Rede Social do Centro realizar uma ação social grande na região de Santa Cecília, e que buscará apoio na região com o propósito de atender a pop rua da região e também incluir os moradores ao longo do minhocão dentro da ação social, com um espaço para o urbanismo, as duas correntes pró parque minhocão e a divergente que propõe a derrubada do complexo viário para a população se inteirar mais das idéias. Oferecendo obviamente também os serviços de cidadania, saúde, social, cultura que há em todos os mutirões da Rede Social do Centro.

Ficou definido que toda ultima quinta feira do mês será propício para as reuniões;

Próxima reunião do GT Pop Rua :

Local: Castelinho da Rua Apa – Av São João

Dia/Hora:  25 de maio, Quinta Feira ás 14h00

Presentes:

Maria Eulina – Clube de Mães

Willdney Shmalthz – Clube de Mães

Rosiene Silvério – SMADS

Reinaldo Junior – Primeira Igreja Batista de SP

Renata Braga – SEAS Bela Vista

Vania Silva Santos – Exército de Salvação

Celmar Brito de Souza – Exército de Salvação

Maria Helena Poletto – Seas Bom Retiro

Maria Caetano – Seas IV

Roberto Donizete – SEAS IV

Darcy Costa – Movimento Nacional da População de Rua

Marina Araújo – Seas IV

Almir Lima – Missões Cristãs

Zélia Pagliarde –  SMS/DBA

Nézia Medeiros – Exército de Salvação

Abel Alves de Moraes – Comunidade Nova Aliança

Daniel Checchio – Comunidade Evangélica do Bixiga

About Rede Social do Centro

Check Also

Percentual de mulheres que frequentam a Cracolândia dobra de 16,8% em 2016, para 34,5% em 2017

Pesquisa realizada através de Consultoria do Programa de Desenvolvimento das Nações Unidas sobre perfil dos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.